Blog VPA Equipamentos | Os tipos de Estaca Prancha e a popularização das Estacas de PVC

Posts do Blog

Os tipos de Estaca Prancha e a popularização das Estacas de PVC

As estacas pranchas são perfis metálicos, de PVC, de madeira, concreto armado ou concreto protendido que, ao serem cravadas em um terreno, formam cortinas por justaposição de perfis, destinados a servir como obras de contenção de água, de terra ou ambos.

Os tipos de Estaca Prancha e a popularização das Estacas de PVC As estacas pranchas são perfis metálicos, de PVC, de madeira, concreto armado ou concreto protendido que, ao serem cravadas em um terreno, formam cortinas por justaposição de perfis, destinados a servir como obras de contenção de água, de terra ou ambos.

O uso de estacas pranchas para estruturas de contenção é mais antigo do que se imagina. No início do século XX já eram usadas estacas pranchas de madeira e ferro. Entretanto, com o avanço da tecnologia, principalmente pelo processo de laminação, materiais mais leves e versáteis foram surgindo no mercado e atualmente são largamente utilizados em todo o mundo.

Dois tipos de estacas pranchas vêm se destacando por sua versatilidade, economia e qualidade: as estacas metálicas e as vinílicas (de PVC).



Estaca Prancha de PVC



O campo de aplicação das estacas pranchas metálicas é bastante amplo, partindo desde a execução de obras temporárias como valas para redes de drenagem, esgoto e água, até obras definitivas como construção de túneis, ensecadeiras, estacionamentos subterrâneos, construções portuárias, entre outros.

O processo de fabricação é o que distingue os tipos de estacas pranchas metálicas. Existem basicamente dois tipos: as que são laminadas a quente e as que são conformadas a frio. No processo a quente, os conectores são laminados juntamente com as estacas, permitindo um ótimo controle dimensional e permeabilidade bastante reduzida. Existem diferentes tipos de perfis, como os tipos U, Z, W e H, para atender as diversas formas de cortinas de contenção conforme as solicitações de cada projeto, e por apresentarem conectores extremamente resistentes, as estacas laminadas a quente possuem elevado potencial de reaproveitamento.

Já as estacas pranchas vinílicas apresentam um grande diferencial, o qual pode ser fator decisivo quando da escolha do material para os projetos: elas são anticorrosivas, ou seja, são materiais não metálicos, por isso, não corroem. São indicadas, portanto, para utilização em obras portuárias, apresentando alta resistência ao impacto de fatores atmosféricos e biológicos, como por exemplo, radiação UV, água doce, água salgada, crustáceos, moluscos, etc.



Estaca Prancha de PVC



Assim como as metálicas, as estacas pranchas de PVC também possuem conectores que não permitem a passagem de líquidos, tornando as contenções impermeáveis. Além disto, devido ao seu peso reduzido, o armazenamento, a movimentação e a cravação são bastante ágeis e tornam o canteiro de obras mais eficiente.

Como possibilidades de aplicação das estacas pranchas vinílicas podemos citar a construção de lagos artificiais, cais, marinas, proteção de taludes, barragens, leitos de rios, controle de escavações, barreira contra contaminantes (águas ou solos contaminados), reservatório de conservação de águas, entre outros.

Ambos os materiais aqui citados são industrializados, e desta forma fabricados dentro de padrões técnicos e com alto controle de qualidade, fatores estes que conferem aos projetos alta confiabilidade, principalmente quando comparados a outros tipos de materiais utilizados em contenções como estacas pranchas de concreto e madeira. Por isso, as estacas pranchas metálicas e vinílicas vem sendo amplamente utilizadas em obras de variadas complexidades, e nos mais diferentes tipos de aplicação.



Autor: Letícia Zuchetto
SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR